DASH*Moda

Você sabe o que é Alta Costura?

Olá leitores! Como foi o final de semana de vocês? Preparados para iniciarem mais uma semana? Espero que sim! No post de hoje vamos abordar um assunto que gera dúvidas para muitas pessoas: O Que é a Alta Costura?

Andando pelas ruas do bairro considerado o polo da Moda em Belo Horizonte já me deparei diversas vezes com lojas de vestidos de festa que usam o termo Alta Costura no nome, e percebo que nem todas as pessoas sabem o real significado desse termo e o usam de maneira errônea. Uma loja de moda festa com certeza terá vestidos lindos e muito trabalhados, mas elas não são consideradas Alta Costura, sabe por que?

O Sindicato da Alta Costura (Chambre Syndicale de la Haute Couture) foi formado em 1868 em Paris e foi criado por uma associação de artesãos. É essa câmara que determina quais as grifes podem usar o termo alta costura (Haute Couture), que é um sinônimo de excelência de trabalho.

Existe um conjunto de regras bem rígidas para ser considerado pelo sindicato, como ter um ateliê em Paris, empregar ao menos uma equipe em tempo integral de 15 pessoas, fazer as peças sob encomenda com ao menos uma prova de roupa e apresentar suas coleções publicamente duas vezes por ano, com ao menos 35 looks para dia e noite.  

Já perceberam que é um grupo bem exclusivo né? Alguns dos membros permanentes são Chanel, Christian Dior, Jean Paul Gaultier, Givenchy, etc. Existem também os membros correspondentes que são as grifes que representam perfeitamente a alta costura em seus países com um endereço oficial, como por exemplo, Valentino na Itália e Elie Saab no Líbano. Há também uma outra categoria de “convidados”, e se o sindicato não achar que as coleções desfiladas estão dentro do padrão, esse convite pode ser cancelado a qualquer momento.  

Agora a pergunta que não quer calar é, quanto realmente custa a Alta Costura? E o preço não é uma preocupação para as cerca de quatro mil consumidoras globais de Alta-Costura.  Uma peça sem muitos ornamentos pode começar nos US$ 10 mil, de acordo com um artigo publicado no “The Telegraph”. Já para os modelos de noite, os valores podem atingir a lua, com o preço batendo na casa dos milhões quando pedras preciosas são usadas.

E quem consome essas roupas, você se pergunta? É um nicho bem pequeno de clientes, geralmente herdeiras; esposas de reis e sheiks do oriente médio e Ásia; nobres europeus ou empresários de diferentes segmentos. Mas uma grife não consegue sobreviver somente com Alta Costura, por isso esse segmento é muitas vezes considerado como uma vitrine da marca. O que faz uma grife de moda se manter e pagar as contas são os acessórios (perfumes, óculos, maquiagens, calçados) e as peças de pret-a-porter (pronto para usar, ou seja, roupas produzidas em escala).

E aí pessoal? Espero que tenham gostado do post e que possa ser útil para vocês entenderem o que implica o termo Alta Costura, e enxergar melhor a distinção entre Alta Costura e Moda festa. Abraços e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.