DASH*Comportamento

A IMPORTÂNCIA DE SE TRABALHAR COM O QUE GOSTA

No post de hoje vamos falar sobre “A importância de se trabalhar com o que gosta

Sabe aquele momento da vida em que chegamos, e temos que escolher qual carreira profissional que vamos seguir?!

Esse momento costuma despertar angústias e incertezas na maioria das vezes.

Nessa hora é comum ouvir aquela velha frase: “Faça o que gosta.” O conselho é valioso, mas é preciso analisar uma série de fatores antes de segui-lo a risca.

Portanto, não importa se você trabalha com publicidade, medicina, finanças, educação ou qualquer outra área, se não gosta do que faz, jamais estará satisfeito.

Várias pesquisas feitas ao redor do mundo mostram que pessoas felizes produzem mais e com qualidade superior aos que “Trabalham por trabalhar”.

O nosso cérebro é muito bom em nos convencer a ficar na zona de conforto. Então seja você estagiário ou dono da empresa, se não houver coragem para desafiar a si mesmo e sair da zona de conforto, jamais terá prazer profissional.

Antigamente as pessoas trabalhavam e enxergavam um emprego apenas como meio de suprir as suas necessidades, mas a alta da humanização trabalhista fez com que a satisfação das pessoas no trabalho se tornasse mais importante.

Sabe aquele ditado popular, que diz: “Faça aquilo que gosta e não terá de trabalhar um único dia na sua vida”? Cada vez mais este dito ganha força no mercado de trabalho.

Um profissional que se satisfaz em seu trabalho se automotiva e encontra em si a necessidade de apresentar e querer cada vez mais resultados.

O profissional feliz com seu trabalho não se importa com o começo de cada dia e faz com que o seu dia a dia profissional não se torne uma rotina.

Não existe emprego perfeito, mas um bom emprego é aquele que combina com quem realmente você é!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.