DASH*Comportamento

A MUDANÇA DO CALENDÁRIO DA MODA E O CONSUMO

Dash-mudanca-calendario-da-moda-02

Para quem acompanha as notícias do mundo da moda já sabe: a industria mais poderosa do mercado se rendeu ao consumidor e seus desejos imediatos. Isso mesmo. Você viu, você compra. Na hora, sem delongas e sem a espera pelo lançamento da coleção seis meses após seu desfile.

Li muitos textos e artigos a respeito dessa mudança, mas devo confessar que ainda não tenho uma opinião formada. De um lado,  a rapidez da informação e do poder de compra ditam a vez, do outro a ansiedade pelo novo regada pela “loucura” das redes sociais alimenta um consumismo desenfreado.

Dash-mudanca-calendario-da-moda-03

Esse talvez seja o inicio do fim do fast fashion – que se alimenta basicamente das tendências ditadas pelas gigantes da moda – e da cópia descarada. O frio na barriga, da novidade, dura basicamente enquanto a foto faz sucesso no feed de notícias.

Para quem trabalha nesse mercado, acredito que essa mudança veio coroar aqueles que são realmente bons de negocio. Que sabem filtrar o melhor das tendências e sabe inovar. Isso mesmo. Criar. Tirar o papel da gaveta e ser original – que nos dias de hoje é tarefa quase impossível para aqueles que não tem um DNA forte.

Dash-mudanca-calendario-da-moda-04

Fica a reflexão: ser original ou comercial? Meio termo?

Eu particularmente sou da turma do meio termo. Por ser 100% comercial e transpirar a rotina do comércio, acredito em criar aquilo que as pessoas gostam. E essa é a beleza do mercado: o melhor sobrevive. E com mérito.

Pensem nisso e até o próximo!

Por: Marcela Ohana – marcela@dashuniformes.com.br

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.